Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 26 de junho de 2017
   

Incêndio atinge a Casa Erbo Stenzel

14/06/2017
capa

A Fundação Cultural de Curitiba informa que, na madrugada desta quarta-feira (14/6), um incêndio atingiu a Casa Erbo Stenzel, unidade de interesse de preservação do município, localizada no Parque São Lourenço. As causas do incêndio estão sendo apuradas pela perícia técnica da Polícia Civil.

O espaço, destinado a divulgar o trabalho do escultor paranaense Erbo Stenzel, não estava aberto à visitação pública, pois passaria por restauro. Não houve prejuízo em relação ao acervo de obras e documentos do artista, que já havia sido transferido, em 2009, para o Museu Oscar Niemeyer.

A Fundação Cultural de Curitiba lamenta o incidente que resultou na perda de uma unidade arquitetônica de grande interesse para o patrimônio cultural da cidade, pelo valor histórico da própria edificação e por fazer parte da vida e da obra de um dos seus maiores artistas.

A Fundação aguarda o laudo pericial para adotar as medidas cabíveis e informa que o Centro de Criatividade de Curitiba, no Parque São Lourenço, permanece aberto com suas atividades normais.

Histórico

A casa, que serviu de residência do escultor, foi construída em 1928, no bairro São Francisco. Após a sua morte, o imóvel foi doado pela família à Prefeitura, que, em 1998, fez a transferência para o Parque São Lourenço, para transformá-lo em museu e espaço de divulgação da obra do artista.

A edificação era um exemplar remanescente da arquitetura de madeira, representativa de um período da história urbana de Curitiba.

Erbo Stenzel morreu em 1980, deixando uma produção artística importante para a cidade. São dele as esculturas do Homem Nu e da Mulher Nua, instaladas na Praça 19 de Dezembro, além de bustos de personalidades espalhados por outras praças de Curitiba. Seu trabalho é reconhecido nacionalmente, sendo ele uma das figuras de maior relevo das artes plásticas do Paraná. 

 

Imprimir | Voltar