Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 15 de dezembro de 2017
   

Leões do Vôlei atende 5,5 mil adolescentes em 10 anos de existência

06/12/2017
capa

Com o ginásio da Universidade Tuiuti lotado, o projeto Leões do Vôlei promoveu, nesta quarta-feira (6/12), um grande evento de confraternização em comemoração aos seus 10 anos de existência. Idealizado pelo campeão olímpico de vôlei de praia Emanuel Rego e implantado em parceria com a Prefeitura de Curitiba, o projeto já atendeu mais de 5.448 crianças e adolescentes.

“Não existe nada mais gratificante do que passar conhecimento para o outro. O Leões do Vôlei é uma forma de retribuir a sociedade todo o apoio que recebi em minha carreira e ajudar na formação de cidadãos por meio do esporte”, afirmou Emanuel, que destacou que o projeto superou todas as suas expectativas.

Criado em 2008 por meio de parceria a Prefeitura de Curitiba e a empresa Leão Alimentos e Bebidas, o Leões do Vôlei promove capacitação para os professores e orientadores de educação física com uma metodologia esportiva desenvolvida por Emanuel e pela equipe técnica do Instituto Ecce – Esporte, Cidadania, Cultura e Educação.

Além das questões táticas e técnicas do esporte, o projeto também visa ensinar aos participantes valores como o respeito aos colegas e aos professores, a amizade e a importância do trabalho em equipe.

“O esporte é um suporte muito importante para a educação e formação dos jovens. A parceria com o Leões do Vôlei é um sucesso em todas as escolas porque não foca apenas na prática esportiva, mas no desenvolvimento pleno dos participantes”, disse a secretária municipal da Educação, Maria Silvia Bacila.

As atividades possuem uma hora e meia de duração e acontecem duas vezes por semana. Em seu primeiro ano de existência o Leões do Vôlei atendeu 290 crianças e adolescentes de 7 a 13 anos em escolas municipais e desde então começou a crescer gradualmente. Em 2012, por meio de parceria com a Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj), foram criadas turmas para jovens de 8 a 17 anos nos Centros de Esporte e Lazer (Cel).

“São dez anos de parceria com a Prefeitura e queremos ampliar ainda mais esse projeto, que possui um importante papel na formação do caráter, valores e princípios que irão moldar o futuro desses jovens, bem como também contribui na revelação novos talentos esportivos”, destacou o secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Marcello Richa.

Atividades

Cerca de 700 crianças de todos os 16 núcleos do Leões do Vôlei em Curitiba e Fazenda Rio Grande participaram do evento, que contou com oficinas de vôlei, atletismo, badminton e reciclagem.

Mateus Vinícius Panza, de 13 anos, começou a participar do Leões do Vôlei no Cel Rua da Cidadania Santa Felicidade há seis meses e elogiou muito o projeto. “Gostava de vôlei, mas nunca tive interesse em praticar até que uma amiga me levou para participar de uma aula do projeto. As atividades são muito legais e bem acessíveis para quem já sabe jogar ou ainda não teve contato com o esporte”, disse.

“São muitas atividades, desde rodízios para melhorar nossas habilidades até torneios internos e circuitos. Além disso, o Emanuel visita bastante as turmas, é sempre muito atencioso e nos incentiva a treinar e praticar esportes”, disse Julia de Alcântara, de 9 anos e que participa há dois anos das atividades do Leões do Vôlei na Escola Municipal Germano Paciornik.

Somado ao trabalho de iniciação esportiva e disseminação de valores olímpicos, o projeto também já revelou diversos novos talentos. Esse foi o caso de Guilherme Carvalho, de 13 anos, que já é considerado uma das principais revelações do vôlei paranaense e atualmente treina no Santa Mônica Clube de Campo.

“Só tive condições de praticar vôlei quando implantaram o projeto no colégio Kó Yamawaki, que era perto de casa. Agradeço muito a todos os professores e espero que continuem ampliando o projeto para dentro das comunidades, dando oportunidade para que mais jovens participem”, destacou o jovem.

Imprimir | Voltar