Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 22 de maio de 2018
   

Obras na rampa do mirante da Unilivre ficam prontas para o feriado

09/02/2018
capa

Encontrar a passagem para o mirante da Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre) liberada foi uma grata surpresa para a professora Oranice Aparecida Bega, na manhã desta sexta-feira (9/2). A estrutura, que fica no Bosque Zaninelli, no Pilarzinho, estava em obras desde o fim de outubro do ano passado.

Natural de Santo Inácio, no Norte do Paraná, a professora já morou em Curitiba e aproveitou a passagem pela cidade, a caminho do Litoral, para passear com o irmão, sobrinhos e alguns amigos. “Nunca havia subido, a estrutura está muito boa. O visual aqui de cima é muito bonito”, disse Oranice.

As obras de recuperação foram feitas para substituir todo o assoalho e algumas peças do guarda-corpo em eucalipto da rampa que circula todo o prédio e dá acesso ao mirante. Além da troca, também foram feitos serviços de pintura. Tudo foi concluído nesta semana para que os visitantes e curitibanos pudessem aproveitar o passeio neste feriado de Carnaval.

O casal de professores de música Carlon Ramos e Bianca Vieira, de Carazinho, no Rio Grande do Sul, já está de partida após a participação na Oficina de Música de Curitiba. Os dois foram conhecer as áreas verdes da cidade, em especial a Unilivre. “É um espaço muito bacana, imperdível”, avaliou Ramos. “Fico bem feliz em ver um lugar com tanta área verde em uma cidade grande como essa”, completou Bianca.

Bosque Zaninelli

Criado em 1992, a partir de uma área verde regenerada naturalmente após ter sido utilizada para exploração de granito, o Zaninelli foi decretado bosque municipal de preservação em 1992. A edificação que abriga a Unilivre é uma das suas principais atrações.

Além do mirante, que permite a vista do lago e do paredão, o prédio abriga estudos sobre a preservação da natureza. Outros atrativos do bosque são a mata nativa em volta da pedreira, a passarela no túnel vegetal que desemboca frente à pedreira e espelho d´água do lago com aproximadamente 120 metros de extensão e o auditório ao ar livre.

Imprimir | Voltar