Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 17 de outubro de 2018
   

Desfile das escolas de samba leva 30 mil foliões para a rua em Curitiba

11/02/2018
capa

Em pleno sábado de carnaval, a Rua Marechal Deodoro foi tomada por 30 mil foliões que lotaram as arquibancadas para assistir ao desfile das escolas de samba de Curitiba. O desfile começou por volta das 18h, com os blocos carnavalescos. Às 20h foi dada a largada para a primeira escola do grupo de acesso. As do grupo especial entraram na passarela por volta das 22h, cantando os seus enredos, sambando e exibindo muito brilho nas fantasias e carros alegóricos.

O prefeito Rafael Greca acompanhou o desfile dos grupos especiais e destacou o local da apresentação. "A Marechal Deodoro representa a força do povo dos bairros que nesta avenida têm seu salão de baile", afirmou.

O prefeito lembrou ainda que o desfile das escolas tem um significado para o desenvolvimento de Curitiba muito mais profundo do que apenas ofertar um momento de entretenimento à população. "A ocupação da cidade pelo povo é parte do urbanismo. As boas cidades oferecem seu Centro como um espaço para a cultura popular e é nesse sentido que investimos no nosso carnaval".

Com o dobro de escolas de samba que no ano passado, a noite teve animação em dobro também, afirmou Beto Lanza, diretor de Ação Cultural da Fundação Cultural de Curitiba. "O carnaval foi um sucesso, tivemos o dobro de público e escolas. Tivemos a avenida lotada mesmo com chuva, muitas crianças se divertindo, e tudo isso fez um carnaval muito bonito”.

Desfile

A primeira escola de samba a entrar na avenida foi a Enamorados do Samba, que estreou no carnaval curitibano com a proposta de ser uma escola ecológica. Com apenas sete meses de fundação, o grupo já conseguiu reunir 400 integrantes que se apresentaram nessa noite. "Não usamos nada de origem animal, nem plumas, nem coro e tudo que a gente usa é reciclável. Estou muito feliz, acho que fizemos um trabalho incrível”, afirmou o carnavalesco Felipe Guerra.

Logo depois a escola Unidos de Pinhais apresentou “Carrossel dos meus sonhos de criança… histórias de vovó”, baseado nos encantos e na magia das histórias infantis. Os foliões se fantasiaram de cinderelas, bruxas e sacis, heróis e malfeitores animando o público presente. 

A Império Real de Colombo veio a seguir lembrando que a figura do “malandro” também é presente na cultura popular curitibana. Os Internautas encerram a primeira parte do desfile enaltecendo a cidade com o enredo “Curitiba, sua cultura e sua glória retratadas nas linhas da história”.

Nem mesmo a breve chuva que caiu durante a apresentação da Imperatriz da Liberdade desanimou os foliões. A escola abriu o desfile das especiais trazendo como tema “Na ginga da capoeira a Imperatriz sacode a poeira”.  Em seguida, a Embaixadores da Alegria comemorou seus 70 anos de avenida. A escola, que é uma das mais antigas agremiações carnavalescas de Curitiba, apresentou o samba “O céu se abre para cantar, como é grande o meu amor por você!”, lembrando seus antigos carnavais.

Com o enredo “Peabiru – Yvi Mara’ey, eu vou pelo caminho do Sol”, a Leões da Mocidade inovou trazendo para o seu conjunto as referências ao Caminho do Peabiru, com histórias e lendas de diferentes povos e culturas. Já a Acadêmicos da Realeza fez uma homenagem ao 100 anos do nascimento do Chacrinha, o mais popular apresentador da televisão brasileira. “Ó Terezinha Ó Terezinha, é um barato o centenário do Chacrinha” é o tema que embalou os foliões de uma das maiores escolas de Curitiba.

Encerrando o desfile, a Mocidade Azul entrou na avenida às 4h30 da madrugada de domingo (11/2), com o tema “Quem canta seus males espanta. Onde está o dinheiro? Quem foi o gato que comeu?”. Criticando a crise, a falta de ética e a corrupção, a escola distribuiu jornais, usou grandes carros alegóricos com referências à Operação Lava a Jato.

Foliões

Foliões de toda a parte estiveram na avenida para assistir os desfiles. Participaram do carnaval os estudantes da Universidade Estadual de Montana, que estão na cidade para a doação de um forno para cerâmicas à comunidade. Foi a primeira vez que os 12 americanos vivenciaram o carnaval. “Estamos muito felizes e orgulhosos, não somente pelo carnaval, mas para ajudar a cidade com essa doação. Foi uma alegria muito grande poder conhecer essas pessoas especiais, criativas e artísticas. Queremos trabalhar mais juntos”, falou o professor Dean Adams.

Muitas famílias também aproveitaram o feriado para prestigiar o evento. A comerciante curitibana Rafaela Rodrigues, que trouxe seus dois filhos para curtirem junto, se surpreendeu com o entusiasmo dos carnavalescos. “Por ser Curitiba a gente esperava uma coisa mais fria, mas hoje tá muito legal. Não tenho uma escola preferida, mas é divertido ficar brincando de avaliar todas”, acrescentou.

“Quando não viajo eu venho e gosto de ficar até o fim”, afirmou Ana Maria dos Santos Oliveira, acompanhada das amigas e torcedora a escola Embaixadores da Alegria. “O prefeito é uma alegria a parte, muito animado, participa de tudo. Gosto desse comprometimento dele com a cidade. A gente que ama Curitiba tem que vir, não dá pra ficar em casa”, concluiu.

Também prestigiaram o carnaval na Marechal Deodoro o vice-prefeito Eduardo Pimentel; o presidente da Câmara Municipal, o vereador Serginho do Posto; os vereadores Katia dos Animais e Goura;  a superintendente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro; o presidente da Agência Curitiba, Frederico Augusto Munhoz da Rocha; os administradores regionais Marcio José Nunes (Cajuru), Fernando Bomfim (Bairro Novo) e Ricardo Alexandre Dias (Boqueirão).

A programação do carnaval de Curitiba continua a partir do meio-dia (12h). Veja abaixo:

 

11 de fevereiro

Bailinho Infantil

Horário: 12h às 15h

Local: Memorial de Curitiba (R. Dr. Claudino dos Santos, 79 - São Francisco)

 

Zombie Walk

Horário: 12h às 20h

Local: Ao meio-dia na Boca Maldita e seguem pela Rua XV até a Rua Riachuelo, com parada para concentração na Praça 19 de dezembro. As atrações artísticas e a dispersão acontecem na Praça Nossa Senhora da Salete, até as 20h.

 

Apuração do Desfile

Horário: 15h às 22h

Local: Teatro Londrina - Memorial de Curitiba (R. Dr. Claudino dos Santos, 79 - São Francisco)

 

12 de fevereiro

Psycho Carnival

Horário: 13 às 19h

Local: Praça Nossa Senhora da Salete

Imprimir | Voltar