Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 17 de agosto de 2018
   

Crianças e idosos trocam experiências de vida nos 21 anos da Rua da Cidadania

15/05/2018
capa

Uma divertida experiência de integração reuniu, na manhã desta terça-feira (15/5), estudantes da Escola Municipal Noely Simone de Ávila, na Vila Torres, e idosos que participam do grupo de tai chi chuan da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude. O encontro foi durante as comemorações do aniversário de 21 anos da Rua da Cidadania da Matriz, na Praça Rui Barbosa.

Também participaram da programação de aniversário os estudantes do projeto Guarda Mirim da Escola Municipal Mirazinha Braga, no Bom Retiro, e um grupo de crianças atendidas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) Curitiba e Centro Cívico.

“A integração das crianças com os adultos da terceira idade, com uma prática que estimula o movimento e a concentração, em um espaço importante da cidade, festeja o aniversário da Rua da Cidadania, mas também promove novos saberes e experiências cidadãs nos dois grupos envolvidos”, disse a chefe do Núcleo de Educação da Matriz, Suzana Andréia Galeazzi.

As crianças aprenderam com os idosos que fazem aulas de tai chi chuan na Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho, no Prado Velho, a reproduzir movimentos dos animais, criando as coreografias da arte marcial.

Urso e dragão

A atividade foi realizada no Mercado Central e chamou a atenção dos comerciantes e das pessoas que passavam por lá. “Foi bem animado copiar a senhora que me ensinou a lutar como o urso e o dragão”, disse a estudante Geovanna Xavier da Silva, 7 anos, do 2º ano da Escola Municipal Noely Simone de Ávila.

A garota interagiu durante toda a atividade com a aposentada Leandina Castro, 63 anos, que se dedicou a ensinar parte do que tem aprendido sobre o tai chi chuan. “Foi uma troca gostosa de conhecimentos, ela com a energia e curiosidade da infância e eu com o conhecimento dos anos já vividos”, disse Leandina.

O estudante Levi Vanderlei Berlongo Fernandes, 9 anos, praticou os movimentos com a supervisão do mestre da arte marcial Antônio Alves Pinto. Para o menino, rolar no chão, contorcer o corpo e imitar os animais foi uma grande diversão. “Eu nem imaginava que era tão legal e nem que o professor pudesse ser tão rápido e forte”, disse Levi.

Para o mestre Antônio Alves Pinto, interagir com as crianças foi um exercício de motivação. “É uma grande satisfação, voltamos a ser crianças, brincando como crianças”, disse Antônio Alves.

Mostra de trabalhos

Ao longo de toda a manhã foram realizadas atividades para divulgar as práticas desenvolvidas em unidades escolares dos 18 bairros que formam a Regional Matriz. Uma mostra de trabalhos apresentou as temáticas desenvolvidas com crianças, adolescentes, jovens e adultos nas escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).

Os estudantes da Guarda Mirim da Escola Municipal Mirazinha Braga participaram do hasteamento da bandeira, na cerimônia de abertura dos festejos. Também participaram do projeto Leitura e Movimento, que incentiva a prática literária entre os estudantes, e de uma contação de história promovida pela Fundação Cultural de Curitiba.

À tarde, foi a vez de as crianças atendidas nos CMEIs Curitiba e Centro Cívico participarem de uma atividade do projeto Jardins do Mel, para valorização das abelhas nativas sem ferrão, responsáveis pela polinização de cerca de 90% das plantas brasileiras.

O dia diferente na rotina das crianças e estudantes fez parte do programa Linhas do Conhecimento, que transforma espaços públicos, parques, praças e demais ambientes da cidade como sala de aula.

Depois de todas as atividades lúdicas e culturais, as crianças conheceram a parte administrativa e de serviços públicos que funcionam na Rua da Cidadania da Matriz, para assim passarem orientações a suas famílias sobre os serviços disponíveis no local.

Imprimir | Voltar