Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 17 de outubro de 2018
   

Enfermagem mostra o bom serviço prestado nas unidades da Saúde

15/05/2018
capa

Nesta terça-feira (15/5), a equipe da enfermagem da Secretaria Municipal da Saúde se reuniu para trocar experiências e conhecer exemplo de boas práticas aplicadas em toda a rede. O evento, no auditório do Mercado de Orgânicos do Mercado Municipal, abriu as comemorações da Semana da Enfermagem e reuniu cerca de 400 pessoas, somando os períodos da manhã e da tarde.

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, fez a abertura do evento e saudou a equipe. “Vocês têm meu carinho, minha admiração e meu respeito. Somos líderes de equipe, profissionais aguerridos, que têm o compromisso do cuidado com a nossa população. Tenho orgulho de liderar essa secretaria”, disse Márcia, que também é enfermeira.

A enfermagem representa quase 50% da força de trabalho da secretaria. São 769 enfermeiros e 2.353 técnicos de enfermagem na rede municipal. Em 2017, essa equipe fez 5.936.509 procedimentos de enfermagem. Além disso, foram 913.996 consultas de enfermeiro.

Márcia também destacou a formalização dos responsáveis técnicos de enfermagem nas UPAs, o que regulariza a gestão destas unidades junto ao Conselho Regional de Enfermagem (Coren).

Outro destaque, abordado por Juliana Hencke, coordenadora da Enfermagem da secretaria, foi a elaboração de quase uma dezena de manuais de procedimentos operacionais no último ano, o que permite padronizar protocolos de atendimento.

A mesa de abertura também contou com a diretora do departamento de Atenção Primária à Saúde, Ana Cristina Alegretti; o representante do Conselho Municipal da Saúde, Antônio Brasil; o diretor de urgência e emergência, representando a Fundação de Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes), Pedro Henrique de Almeida; a enfermeira Karin Madeleine Godarth, da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (Abenfo-PR); a diretora do Centro de Desenvolvimento de Práticas Profissionais da Associação Brasileira de Enfermagem (Aben), Aline Cecília Pizolato; a conselheira-titular do Coren-PR, Tereza Kindra.

Boas práticas

Os profissionais também trocaram experiências de boas práticas. Pela manhã, o distrito sanitário do Boa Vista mostrou o trabalho desenvolvido com os doentes crônicos pelo grupo Amigos do Pilarzinho, com atividades físicas, de lazer, acompanhamento com enfermagem.

O distrito sanitário da Matriz apresentou o trabalho feito com a população vulnarável na área de abrangência da unidade Capanema, na Vila Torres.

Já o distrito Cajuru inovou ao apresentar uma dramatização sobre os malefícios do cigarro. O teatro é usado como forma de sensibilizar a população na área de abrangência da unidade de saúde Trindade II. 

O distrito de Santa Felicidade mostrou o trabalho de auriculoterapia desenvolvido na unidade Botiatuvinha. Já o distrito da CIC falou sobre o cuidado com o “pé diabético”.

No período da tarde, o distrito do Tatuquara mostrou o que tem feito em relação à saúde da gestante. Já o distrito do Bairro Novo, como a ioga traz repercussão positiva para a qualidade de vida.

O distrito do Boqueirão revelou as ações ações que tem implementado dentro do programa Escute o Seu Coração. O distrito do Portão mostrou a conexão entre o trabalho da atenção básica (posto de saúde) e o Centro de Atenção Psicossocial (Caps).

O distrito sanitário do Pinheirinho abordou a auriculoterapia na atenção primária à saúde para o tratamento de tabagismo e dor crônica.

Nos dois períodos, os participaram assistiram a uma rodada sobre os novos protocolos da “rota de preservação da vida”, adotada na urgência e emergência, para pacientes vítimas de AVC e infarto, garantindo que eles estejam no local certo, no momento certo, para que tenham acesso ao melhor tratamento.

Para finalizar o dia, a palestrante Mirian Midori Garcia encerrou com uma conversa sobre a A Arte de não Adoecer, chamando o público a repensar a forma de encarar a vida no dia a dia.

Imprimir | Voltar