Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 17 de outubro de 2018
   

Práticas inovadoras e tecnologia constroem o ensino do futuro

16/05/2018
capa

Inovar na educação não só pelo uso da tecnologia, mas também nas maneiras de ensinar e de construir a cidade do futuro. Essa é a tônica do Seminário de Tecnologias e Mídias Digitais e II Fórum de Educação, Inovação e Tecnologia, realizados pela Secretaria Municipal da Educação até sexta (18/5), na PUC.

Na cerimônia de abertura, nesta quarta-feira (16/5), a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destacou a importância de práticas pedagógicas inovadoras na construção do ensino do futuro. “Entender que temos crenças a vencer é nosso grande desafio. Estamos construindo hoje uma nova educação para as crianças, mas sabemos como ela é hoje. A educação de amanhã ainda não sabemos exatamente como será, terá que ser construída de forma diferente”, disse a secretária.

A coordenadora de Tecnologias Digitais e Inovação da secretaria, Estela Endlich, explicou que o evento congrega públicos diferentes no mesmo espaço. “Isso enriquece o debate, são várias visões sobre o assunto. Durante três dias a comunidade em geral poderá conhecer, aprender, trocar ideias”, afirmou Estela.

Já o palestrante Guilherme Sandler, da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, abordou o conceito de educação “mão na massa”, focada na prática. Essas atividades já são realidade nas escolas da rede municipal de Curitiba. “A aprendizagem criativa surge da intenção de mantermos as estratégias para o ensino nos moldes da educação infantil, com atividades lúdicas para que as crianças aprendam brincando e alinhando o interesse delas aos conteúdos curriculares”, explicou Sandler.

“Curitiba se orgulha por estar na vanguarda da educação mão na massa, com robótica e impressoras 3D, por exemplo”, observou Maria Sílvia. A secretária destacou o projeto Faróis do Saber e Inovação, lançado em outubro passado pelo prefeito Rafael Greca, que ficou entre os selecionados do Desafio Aprendizagem Criativa 2018, promovido pela Fundação Lemann e o Massachusetts Institute of Technology (MIT) Media Lab. 

A programação do primeiro dia contou com palestras, debate sobre o movimento maker (mão na massa) e aprendizagem criativa, oficinas sobre games, drones, robótica e mostra de trabalhos de escolas, como os foguetes confeccionados por estudantes da Escola Santa Ana Mestra com material reciclável.

Invenção e criatividade
Paralelamente aos eventos é realizado o I Festival de Invenção e Criatividade de Curitiba (FIC Curitiba), iniciativa conjunta da Secretaria Municipal da Educação, Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, do Lifelong Kindergarten (MIT Media Lab) e da Fundação Lemann. O objetivo é valorizar o espírito inventivo, colaborativo e mão na massa da educação curitibana.

Todas as ações da Prefeitura voltadas à inovação integram o Vale do Pinhão, ecossistema de inovação da cidade. O movimento busca tornar Curitiba a cidade mais inteligente do país, e um dos pilares é a educação, através dos Faróis do Saber e Inovação.

Clique aqui para ver a programação completa.

 


 

Serviço: Seminário de Tecnologias e Mídias Digitais, II Fórum de Educação, Inovação e Tecnologia e I Festival de Invenção e Criatividade de Curitiba
Data: até sexta-feira (18/5)
Local: Pontifícia Universidade Católica do Paraná (Prado Velho)
Público-alvo: professores, estudantes, pesquisadores, instituições parceiras e comunidade
Inscrição: sites.google.com/view/edtechcwb/in%C3%ADcio
A entrada é gratuita


 

Imprimir | Voltar