Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 17 de outubro de 2018
   

Curitiba quer intercâmbio cultural e comercial com a Rússia

16/05/2018
capa

Curitiba vai estudar um convênio de cooperação com a Rússia. A decisão foi tomada pelo prefeito Rafael Greca em visita do cônsul-geral da Rússia em São Paulo, Yury Lezgintsev, à Prefeitura, nesta quarta-feira (16/5).

“É uma promessa auspiciosa trabalhar em convênio com alguma cidade russa”, avaliou Greca. O acordo será celebrado com uma cidade ainda a ser definida e deve envolver aspectos culturais, comerciais e de mobilidade.

Lezgintsev elogiou Curitiba pela limpeza e qualidade urbanística. Ele também lembrou que o presidente russo, Vladimir Putin, deve vir ao Brasil no ano que vem para a reunião da cúpula dos Brics – grupo político que une Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. “Pode ser uma boa oportunidade para conversar sobre o acordo”, disse.

A pouco menos de um mês da Copa do Mundo Fifa de 2018, que será sediada na Rússia, Greca desejou que o evento seja um sucesso. “Acreditamos que a Copa do Mundo é uma ocasião muito importante de união entre os povos”, disse o prefeito.

Ele também lembrou dos imigrantes russos que, em 1877, chegaram ao Paraná, fixando moradia na região dos Campos Gerais. Na maioria, eram originários da área do Rio Volga e chegaram no Brasil com vistos da Alemanha, o que lhes rendeu o apelido de “alemães do Volga”.

Participaram da reunião o vice-prefeito e secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel, o assessor da Prefeitura para Relações Internacionais, Rodolpho Zannin, a mulher do cônsul-geral, Marina Lezgintseva, o vice-cônsul, Evgeny Erin, o cônsul honorário da Rússia em Curitiba, Acef Said, e a assessora jurídica do consulado honorário em Curitiba, Lorena Paes de Almeida.

Imprimir | Voltar