Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 11 de dezembro de 2018
   

Recadastramento permite traçar o perfil dos servidores municipais

05/12/2018
capa

Faltando apenas os últimos recadastramentos dos servidores, a Secretaria de Recursos Humanos já consegue revelar o perfil dos servidores ativos, empregados públicos e comissionados da Prefeitura de Curitiba. O total de pessoas é de cerca de 28 mil e o de matrículas é de 31 mil. A diferença se dá porque alguns servidores - professores e profissionais de saúde - podem ter duas matrículas, uma vez que cada padrão tem jornada de trabalho de 20 horas semanais. Neste caso, quem trabalha em dois períodos tem duas matrículas.

O recadastramento também permitiu a atualização de informações importantes, como o endereço, o telefone e o e-mail do servidor. "Os dados cadastrais, principalmente os endereços, foram muito alterados. Em muitas situações precisamos comunicar algo importante e, com o endereço desatualizado, nossa comunicação fica comprometida. Esta atualização também pode ser útil nos casos de acidentes de trabalho", explica a superintendente da Secretaria de Recursos Humanos, Luciana Varassin.

Perfil do servidor

Do total de 28 mil pessoas que trabalham nas secretarias e órgãos municipais, 80% se declararam brancos, 3,65% pretos e 13% pardos. A maioria das pessoas que trabalham na Prefeitura de Curitiba é formada por mulheres. Elas são 80% do total.

Grande parte dos servidores nasceu em Curitiba - são 57,7% - outros 27,6% são de outras cidades do Paraná. Os paranaenses são 85,3% do total. Cerca de 4,4 mil servidores são de outros estados e 21 estrangeiros.

Os que se declaram com alguma deficiência são 1.083 pessoas. Deste total, 387 informaram que têm deficiência física, 279 declararam ter deficiência visual,  218 disseram que têm deficiência auditiva

A maioria - mais de 10 mil servidores - têm entre 41 e 50 anos. Eles representam 37,9% das pessoas. Entre os 31 a os 40 anos de idade eles são 26,8%, cerca de 7,5 mil. A terceira faixa etária mais representativa é a que abrange aqueles com 51 até 60 anos, que são 25,3%, mais de 7 mil servidores.

Os que faltam

Neste momento, falta somente o recadastramento de aproximadamente 500 servidores. São pessoas que estão em licença sem vencimento, licença para tratamento de saúde, licença-prêmio. Para que estes últimos servidores façam o recadastramento, os núcleos de RH estão entrando em contato individualmente para que preencham os seus dados.

O recadastramento é uma exigência que se aplica a todos os brasileiros. Ele contribui para que a prefeitura atenda ao e-Social, o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Com a possibilidade de cruzamento de dados entre os diversos sistemas como o da Receita Federal, o da Caixa Econômica Federal, o do Banco do Brasil e o do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), os dados precisam ser iguais em todos as bases de dados.

Imprimir | Voltar