Prefeitura de Curitiba

Portal Administrativo do Município

Curitiba, 23 de janeiro de 2019
   

Em 2019, Curitiba ganhará mais 23 Faróis do Saber e Inovação

11/01/2019
capa

 

Curitibanos e curitibinhas vão ganhar neste ano mais 23 Faróis do Saber e Inovação, além dos dez já inaugurados desde o início da atual gestão. Para isso, 23 farois já existentes serão escolhidos e remodelados para funcionar como oficinas de criatividade e criação de protótipos, com impressoras 3D.

 

Os Faróis do Saber foram criados na década de 1990, na primeira gestão do prefeito Rafael Greca, para servirem como bibliotecas com acesso gratuito à internet. Agora, a proposta dos Faróis da Inovação está alinhada ao conceito do Vale do Pinhão – o ecossistema de inovação da cidade - e a tendências nacionais e internacionais em tecnologia educacional. São utilizados por estudantes e também abertos à comunidade.

Desde a inauguração do primeiro farol no novo modelo, em 2017, já participaram de atividades inovadoras mais de 9,5 mil estudantes, 550 professores e 600 moradores.

Além de entregar novos farois, em 2018 a Secretaria Municipal da Educação investiu R$ 15 milhões em tecnologia educacional, equipamentos de informática, kits de robótica, impressoras 3D, conectividade, sistemas informatizados, entre outros recursos destinados ao uso administrativo e educacional.

Mostra de talentos

Em dezembro de 2018, foi realizada no Memorial de Curitiba uma exposição de trabalhos desenvolvidos nos faróis transformados em espaços maker. Os visitantes apreciaram dezenas de experiências, protótipos e objetos criativos feitos com impressora 3D. Os trabalhos foram executados em oficinas promovidas no contraturno escolar.

Os projetos dos estudantes também foram compilados no Caderno dos Faróis do Saber e Inovação. O material reúne relatos de experiências realizadas nessas unidades e conta a história dos Faróis do Saber e da transformação para a nova fase.

Laboratório inédito

Uma das unidades nesse conceito é o Laboratório Pedagógico de Inovação, o Lapi, inaugurado em novembro na sede da Secretaria Municipal da Educação, no Alto da Glória.

O espaço, que pode ser utilizado por professores, estudantes e comunidade, conta com impressora 3D, kits de robótica, chromebooks (computadores rápidos), kits de programação, óculos de realidade virtual.

Além do Laboratório Pedagógico de Inovação, foram transformados em Faróis do Saber e Inovação e entregues à população as unidades Dona Pompília (ao lado da escola municipal de mesmo nome, no Tatuquara); Rubem Braga (Escola Municipal Rio Negro, no Sítio Cercado); Dante Alighieri (Escola Vinhedos, em Santa Felicidade); Mário Quintana (Escola Municipal Wenceslau Braz, no Boqueirão; Fernando Amaro de Miranda (Escola Municipal CEI Heitor de Alencar Furtado, na CIC); Herbert José de Souza (Escola Municipal Marumbi, no Cajuru); Manuel Bandeira (Escola Municipal Herley Mehl, no Pilarzinho); Rocha Pombo (Escola Papa João XXIII, no Portão); e José de Alencar (Escola São Mateus do Sul, no Pinheirinho).

 

 

 

Imprimir | Voltar